Adriano Sousa Lopes
Repórter artístico da Grande Guerra
1917 - 1918

6 de Novembro - 12 de Dezembro 2018

 

 

 

sousalopesfoto

Esta exposição integra-se num projecto conjunto delineado por quatro Academias – Ciências, História, Marinha e Belas Artes – a que se juntam a Sociedade de Geografia e a Comissão Portuguesa de História Militar, tendo por objectivo comemorar o Centenário do Armistício, conjugando os contributos especificos de cada uma das referidas instituições.

Coube à Academia Nacional de Belas Artes apresentar um núcleo de Desenhos, em grande parte inéditos, produzidos por Sousa Lopes enquanto repórter artístico da Grande Guerra, proporcionando a revelação de cenas de combate, de vida rude nas trincheiras, de ruínas, transmitidas por quem as presenciou.

O seu nome já se evidenciara, à época, na pintura de cavalete, de tal modo que o General Fernando Tamagnini, Comandante do Corpo Expedicionário Português, registou no seu “Diário”, a 20 de Outubro de 1917, o início da actividade daquele artista, equiparado a Capitão Graduado e no mês seguinte recorda que esteve “um grande pedaço de tempo em pose, para o pintor tirar um esboço para pintar o meu retrato a óleo. Depois de muito instado lá consenti n’essa massada, visto não ter pretensões de passar à posteridade”.

                A Academia agradece aos Mecenas e a todos os colaboradores que tornaram possível esta iniciativa.

Natália Correia Guedes

Presidente da Academia Nacional de Belas Artes

 

Comissário da Exposição

Escultor Vitor Santos, Académico Correspondente

Gestão do Projecto

Teresa Catarina de Figueiredo

Andreia Cunha da Silva

         marinha             marinha                 apoio